Você sabe o que é VPN? Descubra tudo e saiba como proteger a sua privacidade

Sua privacidade e a segurança dos seus dados podem estar em perigo, saiba como a VPN pode te ajudar a se proteger

 

No mundo digital há dores e felicidades. Ao mesmo tempo que a internet é um eficiente meio de comunicação e te conecta com o mundo, ela pode ser um perigo para a sua privacidade e para a proteção dos seus dados pessoais.

São muitas as situações na rede onde precisamos informar nome, CPF ou até mesmo telefone para conseguir algo. E o mega vazamento de dados em janeiro, onde 223 milhões de brasileiros tiveram suas informações pessoais expostas, acendeu um alerta.

Nossa privacidade está ameaçada e precisamos protegê-la. Ok! Mas você já se perguntou como fazer isso? A VPN ou Rede Privada Virtual pode ser a solução. Confira o panorama completo sobre a ferramenta que nós da Blocktime Tecnologia preparamos para você.

Imagem mostra celular com acesso a VPN

A importância de proteger a sua privacidade

A ANPD, Autoridade Nacional de Proteção de Dados, começou a apurar em fevereiro um caso de vazamento de dados de operadoras de telefonia. Não é a primeira vez que um vazamento desse tipo ocorre no Brasil, mas certamente é um dos maiores casos.

Levando em conta que a população atual do país é de pouco mais de 212 milhões de pessoas, segundo o IBGE, e foram vazados dados de 223 milhões, isso quer dizer que você certamente teve seus dados vazados e alguns brasileiros já mortos também.

Diante desse panorama, você sabe o que é segurança cibernética e por que ela é tão importante? Além disso, qual o papel da VPN na proteção digital de dados?

 

O que é VPN

A livre tradução de “virtual private network” é “rede privada virtual” e, basicamente, ela é uma conexão segura para transmissão de dados. O que a VPN faz é criar uma rede que criptografa seus dados para eles navegarem protegidos entre o seu computador e o servidor.

Ao escolher usar uma, você dificulta a interceptação dos seus dados por pessoas mal intencionadas e o rastreamento dos dados é bloqueado. Ou seja, tudo que acontece nessa navegação, usando uma VPN, e o acesso restrito é apenas seu.

Isso tudo graças à criptografia, que embaralha as informações de navegação transformando elas em códigos ilegíveis. Por essa razão, esse tipo de comunicação é muito utilizada no mundo corporativo por empresas que precisam manter suas informações confidenciais.

 

Como funciona uma VPN

Para criar esse túnel de proteção para as suas informações, a VPN funciona da seguinte forma:

  • Ao ativar o serviço no seu computador, você é conectado a um provedor de VPN
  • Esse provedor vai te fornecer um endereço de IP, específico do servidor VPN que você estará usando, que será diferente do IP do seu computador
  • Sua conexão de internet passará a ser criptografada
  • E, por fim, o seu próprio endereço de IP será ocultado. O que possibilitará que sua navegação seja feita com segurança e privacidade.

Uma parte muito importante desse processo todo, refere-se às medidas de proteção do seu endereço de IP. Assim como todas as residências são inscritas sob um CEP, que nos localiza na urbe, o IP é o número de identificação e localização do seu dispositivo.

Ocultar o seu IP significa preservar o que você faz na rede e onde você faz, uma vez que ele indica o local de onde você está conectado. Por isso que um servidor VPN te oferece um novo IP, de qualquer outra região ou país.

Imagem mostra códigos de HTML

Por que usar um servidor VPN

As vantagens da VPN não se limitam ao mundo corporativo. Se você deseja utilizá-la para fins pessoais, saiba que você tem boas razões para tomar essa decisão. A principal delas é a proteção dos seus dados pessoais.

Afinal, depois do mega vazamento de dados ocorrido em janeiro, você não quer ser pego de surpresa de novo, certo? Melhor prevenir do que remediar. Outra boa razão é que você pode acessar serviços internacionais que não estão disponíveis para o seu país.

Um bom exemplo disso são sites internacionais de streaming. Muitos conteúdos são liberados apenas para regiões específicas, mas se você estiver utilizando um IP do exterior, poderá facilmente acessar os conteúdos do local.

 

Cuidados que você deve ter na internet

Utilizando ou não um servidor VPN é importante que você tome alguns cuidados ao navegar na internet. Principalmente se estiver usando um computador ou uma rede pública de internet. No mundo cibernético, todo cuidado é pouco. Então, aí vão nossas dicas:

Cuidado com o que você informa na internet: Muitos sites exigem o cadastro de informações pessoais para liberar acesso a conteúdos. Assim, muitas vezes você é levado a informar CPF, nome completo e até mesmo telefone para sites pouco confiáveis.

Proteja suas informações nas redes sociais: Procure sempre manter seus dados pessoais privados nas redes sociais que você usa. Uma vez que este é um local público no qual muitas pessoas, nem sempre de confiança, têm acesso.

Mude suas senhas e use verificação de dois fatores: Com frequência é importante que você mude suas senhas e utilize a verificação de dois fatores que, basicamente, é quando códigos são gerados para liberar o seu acesso em determinados sites. Evite também usar senhas iguais.

Preste atenção na segurança dos sites que frequenta: Preste atenção se o site que você está frequentando apresenta o cadeado de proteção na barra de endereço do seu navegador. Ele é uma garantia de que as informações ali contidas viajam de forma segura e criptografada.

Esperamos que nossas informações tenham te ajudado a entender o que é VPN e a sua importância para a proteção de dados pessoais e corporativos. Além de possibilitar à você identificar o que pode ser melhorado na sua rotina cibernética.

Nós da Blocktime Tecnologia estamos sempre de prontidão para trazer conteúdos que facilitam a sua vida e te ajudam a se proteger. Por isso, fique de olho no nosso blog para conferir mais conteúdos especiais como esse. Abraço virtual!

Related posts

Leave a comment